Aerodinâmica e desempenho - parte 2 / by Joaquim Ferrari

31673795_1680954811997850_7653330287782264832_n.jpg

Como puderam ver a utilização do kit aero mudou o resultado do Tour de 1989 e também a história do ciclismo. A partir de então a tecnologia e o estudo da aerodinâmica entrou de vez no ciclismo. Esse foi o momento da virada. A foto é muito explicativa e mostra a redução de tempo que a utilização de cada equipamento promove num contra relógio de 40 km.

•Capacete aero - 67 seg

•Guidom aero - 122 seg

•Quadro aero - 17 seg

•Cobertura para a sapatilha - 30 seg

•Roda traseira fechada - 29 seg

•Roda dianteira tri spoke - 42 seg

É interessante observar:

• 1. Diferente da opção que mais vemos em termos de escolha de rodas, investir numa boa roda dianteira é muito mais importante que numa traseira.

• 2. Na foto 2 vocês não vão encontrar bolsos traseiros na camisa, tudo com o objetivo de reduzir o arrasto.

Considerem que esses ganhos foram obtidos num contra relógio de 40 km pra 48 min e quanto mais rápido você for mais resistência aerodinâmica você encontra. Dessa forma em pessoas "normais" essas reduções serão menores.

Considerem também que o desempenho é o produto não somente da resistência aerodinâmica mas também da potência que você aplica nos pedais, então a frase quem não tem treinamento compra equipamento é sempre uma meia verdade ainda mais para iniciantes.